Moby: música grátis fez subir as vendas no iTunes

by Miguel Caetano on 7 de Julho de 2009

Moby tem uma reputação de não simpatizar lá muito com as grandes editoras. O seu recente apelo ao desmantelamento da RIAA em reacção ao veredicto que condenou Jamme Thomas-Rassset ao pagamento de um indemnização no valor de 1,92 milhões de dólares (1,38 milhões de euros) por ter disponibilizado 24 canções numa pasta de partilha da rede de P2P KaZaA, consolidou ainda mais a sua imagem de artista “amigo” dos fãs.

O seu mais recente álbum e o nono de estúdio – intitulado Wait for Me e composto por 16 temas – foi lançado no passado dia 30 de Junho pela sua própria editora, a Little Boots. Mesmo assim, parece estranho que o artista tenha decidido recorrer a uma subsidiária de uma grande editora para fazer chegar tanto o álbum como o novo single “Pale Horses” às lojas de música digital. Com efeito, desde Fevereiro de 2007 que a Warner Music Group detém uma participação na distribuidora escolhida, a alemã Zebralution.

De qualquer forma, a verdade é que ao contrário de outros artistas com ligações directas ou indirectas com as majors, Moby sabe apreciar o poder da música grátis. No dia 14 de Abril, o artista anunciou os primeiros detalhes sobre o disco e decidiu oferecer de borla o primeiro single do álbum. A canção, “Shot in the Back of the Head”, vem acompanhada com um videoclip dirigido por David Lynch que podem ver em cima.

Mesmo agora, mais de uma semana após o lançamento do álbum, o MP3 da música continua ainda disponível para download a partir do site do artista. E sabem que mais? É que a música do novo álbum mais vendida na loja do iTunes é precisamente aquele que qualquer um pode descarregar gratuitamente desde há mais de dois meses. Isto foi o que Moby contou num email enviado a Bob Lefsetz. Esta já não é a primeira vez que Lefsetz relata uma história deste tipo. O que é estranho é que ainda haja gente que continua a não acreditar no poder da música grátis, fazendo equivaler cada download grátis a uma venda perdida.

(foto de Brave New Films segundo licença CC-BY 2.0)

Bookmark e Compartilhe

Artigos relacionados:

  1. Moby apela ao desmantelamento da RIAA
  2. Preços de 1,29 euros já chegaram ao iTunes
  3. Quando os artistas indie não conseguem escapar à assimilação pelas majors
  4. Como os lucros das editoras estão a ser arrasados pela venda de singles digitais
  5. Warner Music Group acentua quebras

{ 3 comments }

1 Alexandre Ferreira  7 de Julho de 2009 às 13:46

Quero uma almofada igual a do Moby http://bit.ly/zxLSZ

2 amf 7 de Julho de 2009 às 15:46

Quero uma almofada igual a do Moby http://bit.ly/zxLSZ

3 buzzcultural 7 de Julho de 2009 às 16:23

Moby: música grátis fez subir as vendas no iTunes http://bit.ly/zxLSZ

Comments on this entry are closed.

Previous post:

Next post:

google - ukash - buruncerrahisi.com - burunestetik.de - geciktirici ilaç