SoundCloud: uma rede social para músicos e editoras

by Miguel Caetano on 10 de Outubro de 2008

Já ando há muito tempo para escrever sobre o SoundCloud mas uma vez que o site se encontrava ainda em beta privado, achei por bem aguardar pelo dia em que fosse aberto ao público. Pois bem, esse dia chegou finalmente e o SoundCloud já pode ser acedido por qualquer pessoa sem ser necessário um convite.

Em poucas palavras, trata-se de uma plataforma de partilha de músicas para profissionais do sector como produtores, DJs, músicos e executivos de editoras assente numa “nuvem” de servidores ao estilo cloud computing. O serviço foi criado por uma startup berlinense que conta com o empreendedor sueco Eric Wahlforss como um dos fundadores.

A ideia passa por oferecer uma alternativa Web 2.0 ao upload de ficheiros áudio para amigos ou mesmo editoras mediante tecnologias mais unidireccionais e “chatas” como o email, o FTP, o messaging ou mesmo os sites de alojamento de ficheiros como o RapidShare ou o YouSendIt.  Como? Combinando funcionalidades de redes sociais um pouco ao jeito do MySpace, Last.fm ou Facebook com outras características que podemos encontrar em sites de colaboração entre músicos como ccMixter, Kompoz e Indaba Music ou Rifflet, já para não falar no velhinho Internet Archive.

O processo de upload dos ficheiros é bastante fácil e rápido, sendo possível disponibilizar temas numa série de formatos (MP3 com todo o tipo de bitrates, WAV e AIFF de 16 a 32 bits, FLAC, OGG) sem quaisquer limites de tamanho. Quem quiser, pode também adicionar uma série de metadados adicionais como descrição, estilo musical, BPMs (batidas por minuto), editora, número de catálogo e de faixa, data de lançamento, palavras-chave e imagem da capa.

Estas faixas podem ser disponibilizadas de modo privado para que apenas um grupo selecto de pessoas escolhidas por nós tenha acesso a elas ou partilhadas de modo público, de modo a que toda a gente as possa escutar e inserir o respectivo widget numa página da Web, blog ou perfil de rede social. De igual modo, também é possível permitir que os outros utilizadores descarreguem as músicas para os seus computadores.

Os maluquinhos pelas estatísticas podem depois ficar a saber o número de visitantes que escutaram ou descarregaram os seus temas. Existe mesmo a possibilidade de criar uma DropBox de modo a que outras pessoas disponibilizem os seus ficheiros, o que dá com certeza bastante jeito para editoras à procura de novos talentos desconhecidos.

Uma funcionalidade bastante interessante dos widgets do SoundCloud que representam graficamente as músicas através da sua waveform é o deep tagging que permite inserir comentários ou notas em determinados segmentos das músicas. Os programadores com interesses musicais poderão tirar partido da API pública disponibilizada pela equipa do SoundCloud para criaram as suas próprias aplicações. Alguns dos mashups mais interessantes desenvolvidos até agora foram o RadioClouds de Matas Petrikas que representa visualmente o grafo social do utilizador e um player para o Facebook de Henrik Berggren.

O SoundCloud não tem inclui qualquer publicidade, tendo apenas como única fonte de receitas a comercialização de contas PRO cuja modalidade mais barata custa nove euros por mês e oferece a possibilidade de fazer o upload de 15 faixas por mês sem quaisquer limites de tamanho, acesso a estatísticas básicas, caixa DropBox e suporte. Quem não quiser pagar nada, pode abrir uma conta grátis que dá direito a cinco uploads por mês sem limites de tamanho, possibilidade dos outros visualizarem as dez faixas mais recentes, Dropbox com acesso às cinco últimas faixas enviadas, estatísticas básicas e lista de contactos de até 20 elementos. Se quiserem saber mais pormenores leiam o que Peter Kirn escreveu no Create Digital Music. A música que acompanha este artigo é “Common Touch” do mago do techno minimal ambiental Jess Somfay, uma presença habitual da netlabel Archipel.

Bookmark e Compartilhe

{ 2 trackbacks }

Uma rede social para profissionais da música - SoundClouds. «
15 de Janeiro de 2009 às 17:00
Redes Musicais | eletronicamusicalloja
24 de Fevereiro de 2012 às 20:40

Comments on this entry are closed.

Previous post:

Next post:

google - ukash - buruncerrahisi.com - burunestetik.de - geciktirici ilaç